rss email twitter facebook google pinterest

Numero para contato

21 de agosto de 2012

TUDO SE FAZ PELA PALAVRA DE DEUS


 Enviou a sua palavra, e os sarou, e os livrou da sua destruição.

Salmo 107.20

Esse versículo encontra aplicação também na obra que Deus fez no Egito antes de enviar a praga dos primogênitos (Êx 12.12). O Altíssimo agiu dessa forma, porque Faraó não cumpriu a promessa de libertar os filhos de Israel, os quais, devido à astúcia egípcia, tornaram-se escravos daquela nação. O Senhor usou Moisés para tirar Seu povo do cativeiro, levando-o para Canaã. Então, esse servo de Deus, ao receber uma palavra divina, orientou os hebreus, que, crendo, permitiram ao Pai celestial libertá-los de uma só vez.

Hoje, o mesmo acontece com milhares de pessoas que dão ouvidos ao que o Senhor diz; todavia, outras tantas não têm conseguido as operações maravilhosas do poder divino. Às vezes, isso ocorre por não ser fácil tirar do coração os ensinamentos religiosos que adquiriram no decorrer de anos – embora não sejam verdadeiros. Com isso, as pessoas não conseguem receber a fé necessária para que o poder de Deus opere.


Tudo o que recebemos do Altíssimo ocorre mediante a fé, a qual surge em nosso coração quando damos ouvidos à Palavra, mediante Sua pregação, ou à leitura bíblica. A fé real orienta-nos quanto ao que devemos fazer. Quando ela está presente em nosso coração, podemos fazer as mesmas obras que Jesus fazia, desde que estejamos seguindo Sua direção. Na verdade, é Deus quem nos deve dar o desejo e a realização de algo.


Mediante a fé, somos salvos (Ef 2.8). A salvação é a maior bênção que alguém pode conseguir de Deus. Com ela, ficamos livres do domínio do império das trevas, conseguimos a cidadania do Reino dos Céus e passamos à condição de herdeiros de Deus e de coerdeiros do Senhor Jesus (Gl 4.7). Uma vez salvos, nossa “ficha” torna-se limpa, como se nunca tivéssemos pecado. A salvação inicia-se na conversão, continua no batismo nas águas e é concluída com o batismo no Espírito Santo.


Há boas coisas que ocorrem com a pessoa que aceita Jesus como seu Salvador e Senhor: passa a ser membro do Corpo de Cristo; o império das trevas perde a capacidade de oprimi-la, e, de fato, ela é liberta de todos os erros que a escravizavam. Cristo disse que o indivíduo liberto por Ele torna-se livre verdadeiramente (Jo 8.36).


Na salvação, livramo-nos das tentações que, antes, exerciam grande domínio sobre o nosso viver e, logo, passamos a ser usados para falar aos perdidos o que lhes pode ocorrer caso não entreguem a vida deles ao Senhor. Além disso, tornamo-nos doutores sobre os males que nos escravizavam. Na verdade, os salvos são feitos novas criaturas em Cristo Jesus (2 Co 5.17).


O fato de sermos membros da família divina nos dá a proteção de Deus. As forças das trevas que nos subjugavam não podem mais nos dominar. Vícios, pecados e demais ataques do Inferno passam a fazer parte do passado. Sendo aceitos no Corpo de Cristo, deixamos de pertencer ao inimigo e tornamo-nos um com o Senhor.


Em Cristo, com amor,


R. R. Soares


Fonte: Portal Ongrace

Pagina Anterior Proxima Pagina Página inicial

0 comentários:

WWW.SOCIEDADE33.COM.BR