rss email twitter facebook google pinterest

Numero para contato

7 de dezembro de 2012

Somos entregadores de milagres!





A primeira pista é a seguinte: Jesus nos chama de servos.
Portanto, Ele diz quem somos, qual é a nossa função no mundo, qual o papel que precisamos desempenhar para sermos felizes. Nascemos para servir e não apenas para sermos servidos. Ou seja, Jesus conta conosco para realizar determinadas tarefas, ou seja, aquele milagre que alguém testemunhou foi realizado por uma ou mais pessoas, para beneficiar alguma situação, ou um indivíduo. É como um carteiro que leva aquela tão esperada carta.
Agora, pense bem: do céu só cai chuva, então, preciso de alguém para providenciar algo para outro alguém. E na medida que me coloco á disposição para servir, Jesus se coloca a minha disposição. Aí esta a raiz de muitos de nossos males, porque amiúde a maioria de nós gosta de ser servido e poucos se sentem felizes em servir. A sociedade materialista não dá valor aos que servem, esquecendo-se de que Deus nos serve até hoje através de infindáveis mecanismos de sustentação da nossa vida física, emocional, social, e espiritual. Muitos acreditam que servir é estar por baixo, é algo humilhante, quando Jesus nos revela que, se alguém quiser ser o primeiro, que seja antes o servo de Deus, ou, o "entregador de milagres" de Deus.
Ignoramos que servindo desinteressadamente ao nosso semelhante acionamos os mecanismos da nossa evolução, ao contrário daquele que vive para ser servido e que apenas retarda o seu progresso. Quem serve conquista méritos preciosos, amplia suas capacidades e talentos, encontra um verdadeiro tesouro de bênçãos, pois entra em harmonia com a lei espiritual da abundância . Jesus afirma que veio para que nós tivéssemos vida, e vida em abundância.


A provisão de Deus é infinita, os celeiros divinos estão fartos de bênçãos a todos os filhos que assumam essa condição de trabalhadores do Pai, e entregadores de milagres.

Pagina Anterior Proxima Pagina Página inicial

0 comentários:

WWW.SOCIEDADE33.COM.BR