rss email twitter facebook google pinterest

Numero para contato

29 de junho de 2013

Devemos estar com Cristo hoje e sempre


Qual frase podeira expressar maior alegria para um servo do Senhor do que esta, a de estar com Cristo sempre?

Estar com Cristo sempre deve ser o anseio de todo cristão autêntico, estar com aquele que foi chamado Emanuel (Mat. 1:23), o Deus conosco, que deixou a sua sublime glória celestial e se fez carne, humilhando-se a si mesmo (Fil. 2:6-8) e habitando entre nós (Jo. 1:14) é estar no lugar certo, na verdadeira firmeza. Esta Jesus é tão Maravilhoso que alcançou o homem que estava perdido com sua espantosa Graça, e para salvar o perdido, foi preso, condenado e morto, mas, ao terceiro dia, ressurgiu dentre os mortos para que tivéssemos fé e esperança em Deus (I Ped. 1:21). Esse mesmo Jesus, voltou para o céu, lugar de onde voltará para levar a sua amada Igreja em glória.


Estamos vivendo tempos muito difíceis para a Igreja do Senhor na terra, aliás, nunca foi fácil para a Igreja viver neste mundo corrupto, os males do mundo estão entrando no seio da Igreja de forma sorrateira e quase tudo está ficando normal, casamentos entre pessoas do mesmo sexo, ordenação de sacerdotes que vivem fora do contexto aprovado pela Palavra de Deus, permissividade dentro das igrejas e tantos outras obras pecaminosas que nem mesmo parece que os cristãos estão desejosos de estar com Cristo sempre. Devemos viver neste mundo cônscios de que não pertencemos a ele (Jo. 15:19) e ter sempre a expectativa de todos os que verdadeiramente amam este glorioso dia em que o Senhor voltará. "E o Espírito e a esposa dizem: Vem. E quem ouve, diga: Vem. E quem tem sede, venha; e quem quiser, tome de graça da água da vida. (Ap. 2:17). Somente aqueles que vivem distantes do Senhor não desejam ou temem a sua vinda.

Jesus Cristo voltará

1. O momento de autoridade. Quando Jesus fala aos discípulos que "...toda a autoridade foi da e Ele no céu e na terra" (Mat. 28:18) Ele estava fazendo uma alusão a Daniel 7:13-17, texto que se refere ao Filho do Homem que havia recebido autoridade sobre todos os povos, com domínio eterno e reino que não poderá ser destruído, algo que havia ficada bastante claro para eles. Este mesmo cheio de autoridade se manifestou aos seus discípulos por diversas vezes, dando-lhes mandamentos pelo Espírito Santo. Após ser questionado sobre a restauração do reino de Israel, Jesus repreende os discípulos dizendo que "...não competia [a eles] saber os tempos ou as épocas, que o Pai [havia] fixado pela sua própria autoridade" (Atos 1:7), mas lhes deu uma ordem para evangelizar (At. 1:8). Após este feito, Jesus sobe às alturas à vista deles e desaparece entre nuvens. No Antigo Testamento, a nuvem simboliza a Glória de Deus, a qual envolve o Senhor. Em seguida, dois anjos, de vestes brancas, despertam aqueles homens dando-lhes a garantia: "Ele voltará da mesma maneira como O vistes subir" (At. 1:11).

2. A promessa. Jesus disse que voltaria. 'Aquele que dá testemunho destas coisas diz: "Sim, venho em breve! " Amém. Vem, Senhor Jesus!' (Ap. 22:20). Estamos vivendo, com certeza, os momentos finais da Igreja sobre a terra, e o Senhor quer que estejamos atentos para este grande momento, a volta do Senhor Jesus. Deixamos bem claro quanto ao dia e a hora que é um dia o qual apenas Deus, o Pai o sabe (Mat. 24:36; At.1: 7). Não temos que esperar muita coisa deste mundo, pois não temos nele morada permanente, buscamos a habitação futura que Jesus foi preparar para nós no céu (Heb. 13:14).

3. Existe alguma garantia dessa volta? Segundo as Sagradas Escrituras, Deus não pode mentir, e se houve uma promessa que foi feita por Ele, certamente Ele não deixará cair por terra. Nas palavras de Paulo aos efésios vemos que fomos selados pelo Espírito Santo para o dia da redenção (Ef. 4:30), e aqueles que tem o Espírito de Deus habitando dentro deles tem essa garantia, pois o Espírito Santo testifica dessa verdade em nós.

Algumas características da volta de Jesus




1. Quando Ele voltará? Será em um momento inesperado. Não temos que nos ocupar em calcular a data da volta de Cristo, apenas precisamos esperar por ela. Existem alguns mistérios que Deus reserva exclusivamente para si, e este é um deles (Deut. 29:29; Mat. 24:36). O apóstolo Pedro disse que a vinda do Senhor será como um 'ladrão' (II Pedro 3:10), e esta vinda é a bendita esperança para os que creem (Tito 2:12-13). Quanto àquele dia, Jesus disse que virá quando menos se espera (Mat. 24:44). Nos mandou vigiar porque não sabemos o dia nem a hora (Mat. 25:13). As Testemunhas de Jeová já fizeram muitas previsões específicas sobre a volta de Jesus e todas acabaram falhando, enquanto outras pessoas na história da igreja também fizeram essas previsões, em muitos casos afirmando que haviam recebido uma nova revelação pessoal de Cristo, que indicavam o tempo de seu retorno. Sem se apegar ao que as Escrituras dizem em seu conteúdo geral, muitos enveredam por esse caminhos perigoso e acabam tropeçando, e em muitos casos não se levantam mais, pois há relatos de suicídios posteriores ao fracasso anunciado. Lamentável! Qualquer pessoa que afirme saber a data exata do retorno de Cristo deve ser rejeitada.


O retorno de Cristo será o julgamento dos incrédulos e a recompensa dos fiéis, que passarão a estar com Cristo eternamente.


2. Muitos já tentaram marcar o dia da volta de Jesus. Todos até agora falharam. A respeito do retorno do Messias, existem tradições judaicas antigas que invocam maldições sobre aqueles que tentam marcar a data para tal dia, p.e.: "Que os ossos daqueles que calculam...a época da vinda do Messias sejam destruídos! Assim que o tempo [que eles determinaram] chegar e o Messias não tiver vindo, dirão, 'Ele nunca virá!'". Muitos "eruditos" e malandros tem tentado marcar a data exata para a volta de Jesus, desde muito tempo, dando lugar, dia, hora e minutos, mas todos falharam. Sabe-se de histórias de pessoas que venderam propriedades, doaram bens e imóveis, foram para os montes esperar Jesus e acabaram desapontados com Deus por causa da irresponsabilidade de alguns, e por não dar ouvidos ao que o Senhor disse: "Ficai apercebidos" (Mat. 24:44). No final do ano de 2012 muitos apareceram profetizando a volta de Jesus no "embalo" de profecias Maias e ficaram frustrados, simplesmente porque não estavam fundamentados na Palavra de Deus. Coloquemos as palavras de Mateus em nosso coração: "Mas daquele dia e daquela hora ninguém sabe, nem os anjos dos céus, nem o Filho, senão só o Pai." (Mat. 24:36). Esta hora e dia da volta do Filho de Deus é pertencente exclusivamente à autoridade do Pai. Quanto a n´so cabe estarmos de sobreaviso.


Precisamos estar atentos ao que Pedro disse sobre a perspectiva de tempo do Senhor, que é diferente da nossa: "Mas, amados, não ignoreis uma coisa, que um dia para o Senhor é como mil anos, e mil anos como um dia.O Senhor não retarda a sua promessa, ainda que alguns a têm por tardia; mas é longânimo para conosco, não querendo que alguns se percam, senão que todos venham a arrepender-se." (II Pedro 3:8-9)


3. Como Jesus voltará? O apóstolo Paulo diz o seguinte em I Tess. 4:13-17:


a. Jesus virá para buscar a Igreja


b. ouvir-se-á a voz do arcanjo e ressoará a trombeta de Deus


c. os mortos em Cristo ressuscitarão


d. nós os vivos (no momento do acontecimento), seremos arrebatados juntamente com eles


e. nos encontraremos com o Senhor nos ares


f. estaremos com o Senhor para sempre


4. Quem será arrebatado?


Há alguns que interpretam, baseados na Parábola das dez virgens que apenas uma parte da Igreja será arrebatada. Mas não é assim, se as virgens néscias dessa passagem ficaram sem óleo talvez era porque não eram crentes, pois o crente tem sempre consigo o óleo do Espírito Santo. Todo crente verdadeiramente salvo será arrebatado, sem exceção. Apenas aqueles crentes nascidos de novo (Jo. 3:3-5), e não os nominais, serão arrebatados. Existem classes de pessoas que não poderão ser arrebatados ou que não herdarão o Reino de Deus, estes estão descritos em Apocalipse 22:15. Você crê na sua salvação e está em Cristo agora? Se não consegue crer ainda, busque-O de todo o coração para ser participante dessa bem-aventurança confessando a Cristo como seu único e suficiente Salvador, arrependendo de seus pecados. Estar com Cristo hoje e sempre é algo sobrenatural que somente o Espírito de Deus pode nos capacitar para fazer.


Algumas referências alegóricas da volta de Jesus no A.T.


O dilúvio (Lucas 17:26-27). Neste episódio Noé e sua família se salvaram e os demais pereceram porque não creram na mensagem de Noé. No arrebatamento de igual modo, muitos irão de encontro com o Senhor nos ares, enquanto outros, os que não creram, perecerão.

Ló e suas filhas (Lucas 17:28-37). Neste episódio, Ló e suas duas filhas escaparam de Sodoma e Gomorra que foi destruída com fogo e enxofre vindos do céu (Gên. 19). Ló teve que sair de Sodoma e Gomorra, símbolo de um mundo pecaminoso para que pudessem ser salvos, foram chamados para fora daquelas cidades (o sentido do nome igreja é exatamente este, chamados para fora). Jesus alertou: "Assim será no dia em que o Filho do homem se manifestar" (Lucas 17:30). Quantos perecerão porque recusaram o convite de sair desse mundo semelhante a Sodoma e Gomorra! Detalhe, o anjo disse a Ló: "Apressa-te, escapa-te para ali; porque nada poderei fazer, enquanto não tiveres ali chegado" (Gên. 19:22a). Nesta alegoria vemos que o arrebatamento será antes da Tribulação. Uma vemos que Jesus nos livra da ira vindoura (I Tes. 1:10), somente aqueles que estiverem em Cristo se livrarão desse dia, os quais deverão ser tirados da terra para que a Tribulação ocorra.


Os excluídos de estar com Cristo sempre

1. "Digo-vos que naquela noite estarão dois numa cama; um será levado, e outro será deixado." (Lucas 17:34)

2. "Duas estarão juntas, moendo; uma será levada, e outra será deixada." (Lucas 17:35)


3."Dois estarão no campo; um será levado, o outro será deixado." (Lucas 17:36)


Já que estamos falando em termos de Dilúvio, é bom falarmos que existe mais de uma interpretação deste texto: quando as Escrituras dizem "levado" alguns, baseados no contexto de Gênesis afirmam que aqueles (as) que foram "levados" foram levados para juízo e morreram no Dilúvio, logo aqui aconteceria a mesma coisa, os "levados" seriam os que teriam sido "levados" a juízo. Há uma segunda linha de pensamento, e Thomas Horton se inclui nesta linha de pensamento, que diz:"Levado" (gr. paralãmbanetei) significa "levado junto ou recebido". Jesus "levou consigo Pedro e os dois filhos de Zebedeu" (Mateus 26.37)...Logo, aquele que é levado é recebido na presença de Jesus para estar com Ele para sempre (I Ts 4.17). "Deixado" (gr. aphietaí) significa "deixado para trás", assim como em Marcos 1:18,20, a fim de enfrentar a ira de Deus e os seus juízos. Seja como for, o que importa é que estejamos preparados para nos encontrar com o Senhor nos ares.


Muitos poderão até ficar na igreja enganado a homens, mas jamais enganarão a Deus, o joio cresce junto com o trigo, os dois se parecem, o primeiro é duro, venenoso; o segundo se aproveita para a alimentação podendo ser usado no fabrico pães, farinha, etc., ou seja, é útil.


Na ceifa, o trigo será recolhido no celeiro e o joio queimado no fogo (Mat. 13:24-30). Lembremos da advertência: "Lembrai-vos da mulher de Ló" (Luc. 17:32). Quando a mulher de Ló olhou para trás, para sua casa destruída em Sodoma, perdeu a vida, que era de maior valor para Deus do suas posses (Gên. 19:15,16,26). O que é mais importante para você, o mundo terreno que se corrompe à semelhança de Sodoma ou o porvir?


Alguns sinais da volta de Jesus


Como já falamos anteriormente, não sabemos o dia da volta do Senhor, Ele mesmo nos alertou sobre isso, mas apesar de não sabermos, Ele nos alertou sobre os sinais que antecederiam a sua volta:


1. falsos cristos (Mat. 24:5). Como já sabemos, a própria história nos conta sobre tais pretendentes a "cristos" que arrebanham muitas vidas para os caminhos de morte. Desde os primeiros séculos, muitas figuras messiânicas surgiram no cenário mundial atraindo grandes multidões de seguidores. O conhecido historiador Flávio Josefo fala sobre muitos falsos profetas com aspirações políticas nos primeiros anos da era cristã. Segundo as palavras do próprio Josefo, esses falsários usavam o pretexto de religião para enganar o povo. Houve o caso de um falso mestre que levou uma multidão para o deserto, com a promessa de que Deus faria ver, por meio de sinais extraordinários, que os queria libertar da escravidão.


O resultado disso foi que o então governador chamado Félix pensando ser uma revolta por parte do povo judeu mandou a cavalaria e a infantaria, que matou um grande número de pessoas envolvidas. Ainda segundo Josefo, outro mal maior surgiu depois do primeiro nas regiões da Judeia com as investidas de um falso profeta egípcio, o qual o próprio autor chama de impostor. Tal falso profeta egípcio teria fascinado o povo de tal forma que conseguiu arrebanhar cerca de trinta mil seguidores os quais sob as ordens do egípcio se reuniram no que Flávio chama de montanhas das oliveiras, os fez marchar contra Jerusalém para expulsar os romanos e se apoderar da cidade e estabelecer o ser trono. Ao saber da investida, Félix enviou tropas romanas com um misto de judeus que dizimou o exército do egípcio, que conseguiu fugir com alguns poucos.


Ainda que desde muito tempo já podemos ver falsos cristos, nestes últimos dias eles tem surgidos com muito maior força e número, basta fazermos alguma pesquisa no Google para lermos matérias a respeito de homens que se auto-proclamam 'o cristo'. (veja alguns deles: Homem acredita ser a reencarnação de Jesus Cristo, Fundador de seita se auto-proclama reencarnação de Jesus e atrai multidões).






2. guerra e rumores de guerras (Mat. 24:5), nação contra nação e reino contra reino (Mate. 24:6,7). Só para citar alguns, podemos nos lembrar do conflito entre Irã e Iraque que começou em 1980 e chegou a durar 8 anos com um saldo de mais de um milhão de mortos; a guerra do Golfo de Agosto de 1990 até fevereiro de 1991 o saldo estimado de mortos dos dois lados foi de cerca de quase 140 mil; a invasão do Líbano em 1982; a Intifada de 1987-1993 levando à morte centenas de jovens; a guerra do Afeganistão em 2002; guerras na África que, inclusive, usa crianças como soldados; conflitos internos na Colômbia; conflitos e rumores de guerras entre a Coreia do Norte e o Japão; rumores de guerra entre as duas Coreias, a do Norte e a do Sul; rumores de guerra entre a Coreia do Norte e os Estados Unidos, etc.



3. fomes e terremotos em vários lugares (Mat. 24:7), esse é o ambiente no qual nos deparamos em vários lugares do mundo atual. Segundo o site Colégio Web, existem dados de que mais de 100 milhões de pessoas não tem onde morar, acarretando com isso o problema da fome, levando principalmente crianças à desnutrição e morte aos milhões. Segundo o site Apolo 11, nos últimos sete dias foram registrados 177 abalos sísmicos (dados de 26/06/2013). Há registros de um terremoto na região de Toscana (data: 21/06/2013); terremoto de 6,3 graus em Taiwan deixa pelo menos um morto e é sentido em Hong Kong a mais de 700 km (data: 02/06/2013); terremoto de 5,8 graus no norte da Índia causando destruição (data: 01/05/2013); terremoto de 6,6 graus no sudoeste da China deixa quase 200 mortos e cerca de 3 mil feridos (data: abril de 2013). Estes são alguns mais recentes, mas podemos ainda nos lembrar do que ocorreu no Japão em 2011 causando um tsunami; na Indonésia em 2004 seguido por um tsunami que matou mais de 200 mil pessoas; o do Chile em 2010, etc...


4. perseguições aos santos (Mat. 24:9), isso já é visto em vários países muçulmanos onde cristãos são mortos por professar sua fé em Jesus, e não somente nesses países mas também em todo o mundo. Cristãos são presos, torturados, difamados, assassinados, decapitados, etc...


5. escândalos, traições, ódio (Mat. 24:10), também podemos ver esses acontecimentos próximo de nós, pela TV, internet, etc. Pais traindo filhos, filhos traindo pais; maridos traindo esposas, esposas traindo seus maridos; irmãos se levantam contra os próprios irmãos, etc...


6. falsos profetas (Mat. 24:11), a cada dia tem se multiplicado no mundo.


7. multiplicação do pecado e esfriamento do amor (Mat. 24:12), pessoas matam por muito pouco, praticam a pedofilia como algo comum, roubam descaradamente, destroem como se não houvesse um juízo a seguir. As pessoas estão cada dia mas susceptíveis de praticar o mal contra o próximo e achar que tudo é normal, pois se você não tem amor em você mesmo, fazer o mal contra a vida de alguém ou ignorá-lo é a mesma coisa. Inversão de valores bíblicos, devassidões, blasfêmias, etc...Todas essas coisas estão levando o homem a se desviar do seu principal objetivo, a vigilância e a necessidade de estar com Cristo hoje e sempre. Os seres humanos que viveram antes do Dilúvio e os moradores de Sodoma e Gomorra não se prepararam, preferiram viver ao seu bel-prazer praticando a vontade da carne e do pensamento, como filhos da ira, receberam o que seus atos mereciam (Ef. 2:3). Que isso não aconteça com nenhum de nós, antes, que possamos ser como virgens prudentes que sempre aguardam pela chegada do noivo, e que possamos estar com Cristo hoje para que possamos estar com Ele para todo o sempre. Amém. Ora vem, Senhor Jesus (Ap. 22:20). Este mundo não é o seu lugar, se quiseres, tem uma morada superior, nos céus, esperando por você.


www.oucaapalavradosenhor.com



Referências:

Rei dos reis

KEENER, Craig S. Comentário Bíblico Atos. Novo Testamento: 1ª ed. Belo Horizonte: Editora Atos, 2004.

STERN, David H. Comentário Judaico do Novo Testamento: 2ª Ed. Belo Horizonte: Editora Atos, 2008.

DOUGLAS, J.D. O Novo Dicionário da Bíblia: 3ª Ed. Revisada. São Paulo: Editora Vida Nova, 2006.

GRUDEM, Wayne. Teologia Sistemática: Autal e Exasutiva. Nova Ed. São Paulo: Vida Nova, 2011.pt.wikipedia.org

www.brasilescola.com

Notícias UOL - Possível conflito entre Coreia do Norte e Japão

Veja - Possível conflito entre as duas Coreias

Notícias UOL - Possível conflito entre Coreia do Norte e EUA

Colégio Web - Fome

Apollo11 - Abalos sísmicos

Apollo11- Terremoto na região de Toscana

Apollo11 - Terremoto em Hong Kong

Apollo11 - Terremoto na Índia

Apollo11 - Terremoto na China

Notícias UOL - Terremotos em vários lugares

Pagina Anterior Proxima Pagina Página inicial

0 comentários:

WWW.SOCIEDADE33.COM.BR